Geração Distribuída será foco de projetos de energia renovável

Parceria entre a Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo e BID visa desenvolver ações sustentáveis

A produção de energia através da geração distribuída vem alcançando grandes setores do Brasil. Na última semana, por exemplo, a Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), anunciaram uma parceria entre as partes para o desenvolvimento de ações sustentáveis com foco na geração distribuída.

O investimento orçado em 600 mil dólares tem como objetivo gerar energia através da geração distribuída por painéis solares e também utilizar os resíduos sólidos urbanos para a geração de energia elétrica. O convênio entre as duas instituições foi aprovado pelo governador do estado, Geraldo Alckmin, e publicado no Diário Oficial do estado em agosto.

A parceria terá duração de três anos, os quais servirão para aplicar os projetos desenvolvidos tanto pelo banco como pela secretaria. De acordo com João Carlos Meirelles, secretário estadual de Energia e Mineração, o convênio contribuirá com o abastecimento de energia limpa na matriz energética paulista. “Com esse convênio, São Paulo dá mais um passo na consolidação de uma matriz energética, ambientalmente sustentável com o fortalecimento da energia solar fotovoltaica, além de apontar caminhos para o país na utilização do lixo como fonte de energia” ressaltou ele.

O convênio entre as instituições prevê a contratação de estudos e serviços de consultoria para avaliação do potencial de uso de energia fotovoltaica em geração distribuída em edifícios públicos e desenvolvimento de sistemas solares fotovoltaicos em geração distribuída.

Voltado para esse cenário de crescimento é que a segunda edição do Congresso Brasileiro de Geração Distribuída (CBGD) também acontece. Com objetivo de alavancar o setor e discutir o atual cenário da Geração Distribuída com fontes renováveis no Brasil, o evento será realizado entre os dias 25 e 26 de outubro, em Fortaleza, no Ceará.

Promovido e realizado pela FRG Mídias & Eventos, o evento conta com a parceria da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD). O congresso é voltado para profissionais e empresários representantes da indústria, comércio e serviços, empresas ligadas ao setor das energias renováveis, pesquisadores e instituições de ensino, profissionais liberais e interessados no segmento de geração distribuída com fontes renováveis de energia.

FONTE: Thayssen Carvalho – Biomassa BR 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.