Austrália está construindo uma usina solar de $1 Bilhão de dolares e a maior bateria do mundo

O sistema irá incluir 3,4 milhões de placas solares e 1,1 milhão de baterias, com seu momento de operação inicializado para o fim de 2017. Fotografia: Arena 

Uma grande usina solar de $1 bilhão de dólares e projeto de bateria irá ser construída e estará pronto para operar na região de Riverland no Sul da Austrália até o fim desse ano. O depósito de baterias desenvolvidas pelo Lyon Group diz que o sistema será o maior do seu tipo nesse mundo, se usufruindo de 3,4 milhões de placas solares e 1,1 milhão de baterias.

A companhia fala que a construção irá começar em meses e o projeto será construído indiferentemente do resultado do concurso do governo do sul da Austrália pelas grandes baterias para armazenar a energia renovável.

O parceiro do Lyon Group, David Green, diz que o sistema, financiado pelos investidores e construído em uma área privada no matagal de Morgan, será um “estímulo significante” para a Austrália. “A combinação de energia solar e bateria irá melhorar significativamente a capacidade disponível para o mercado da Austrália”, ele disse.

Green falou que o projeto, em conjunto com um plano similar de construir perto de Roxby Downs, estaria pronto a tempos, independentemente da resposta da usina de força do porto Augusta Northen ter fechado em 2016.

“Nós vemos a inevitabilidade da necessidade de ter uma usina solar de larga escala e integrada a bateria como parte de qualquer movimento de descarbonização”. Green falou. “Qualquer decisão de curto prazo será apenas o que eu chamaria de ruído no processo.”

O premier, Jay Weatherill, elogiou o Lyon Group pela iniciativa em Riverland, a qual irá habilitar 330 MW de geração de energia e 100MW de armazenamento. “Projetos desse tipo, de energia renovável, representa o futuro,” ele falou. Ele também falou também que a companhia estava entre diversas a expressar interesse em construir as baterias de 100 MW como parte do plano de energia do governo Sul Australiano anunciado para esse mês, para ser financiado pelo novo fundo de tecnologia renovável de $150 milhões de dólares.

Weatherill falou que o governo irá considerar os licitantes pelas próximas semanas.

 

Traduzido por Fábio C. Minhaqui da Silva

existe um vídeo de 4 minutos na fonte, em inglês, no final do artigo deles, caso esteja interessado

Fonte (em inglês): www.TheGuardian.com

É permitido a cópia e a distribuição dessa tradução, desde que mencionada a fonte da tradução e do original, a fim de incentivar tanto quem compôs o material, quanto o tradutor em questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.